Professora morre eletrocutada.





Uma tragédia aconteceu na noite deste domingo (30) em Junco do Maranhão. A professora Adriana Sales (28 anos) veio a óbito ao pegar uma descarga elétrica de um microfone no momento que ia fazer uma pregação na igreja na qual frequentava: igreja Adventista do sétimo Dia.

A choque foi tão forte que Adriana morreu no local. Ela ainda foi levada para o hospital, mas sem vida.

Adriana era professora e trabalhava na secretaria de educação do município e formadora no projeto escola digna do governo do estado.

Fonte: Blog do Neto Weba.

Nenhum comentário

DESTAQUES

Mulher vítima de depressão recorre ao suicídio por enforcamento, em Santa Luzia

Uma mulher identificada apenas por Raimunda de 56 anos, cometeu suicídio por enforcamento na noite deste domingo  (18), no bairro Nov...