Professora morre eletrocutada.





Uma tragédia aconteceu na noite deste domingo (30) em Junco do Maranhão. A professora Adriana Sales (28 anos) veio a óbito ao pegar uma descarga elétrica de um microfone no momento que ia fazer uma pregação na igreja na qual frequentava: igreja Adventista do sétimo Dia.

A choque foi tão forte que Adriana morreu no local. Ela ainda foi levada para o hospital, mas sem vida.

Adriana era professora e trabalhava na secretaria de educação do município e formadora no projeto escola digna do governo do estado.

Fonte: Blog do Neto Weba.

Nenhum comentário

DESTAQUES

BOMBA! deputado Sousa Neto desiste de candidatura

O deputado estadual Sousa Neto, desistiu de sua candidatura. O agora ex-candidato alega falta de apoio do seu grupo político e diz que n...