Deputado Waldir Maranhão demonstra habilidade política.

Ao fazer parte da mesa diretora da Câmara federal em 2016, o  deputado Waldir Maranhão juntamente com o ex deputado Eduardo Cunha deram admissibilidade ao processo que pedia o impeachment de  Dilma Roussef  (PT).

Para a surpresa de todos na votação em plenária onde os deputados deveriam votar Sim ou Não pela cassação do mandato de Dilma e todos esperavam  que Waldir votasse pelo Sim, ele votou NÃO estabelecendo assim uma estreita relação com o ex presidente Lula e a cúpula petistas.

Após o afastamento de Cunha pelo STF Waldir assumiu interinamente a presidência da casa. Sua primeira atitude foi anular os atos do ex presidente da mesma, tentando assim barrar o processo de Impeachment.  Cheio de atitudes no mínimo inusitadas, Waldir foi o político mais comentado durante alguns dias  por suas "peripécias". Mas quem diria ele estava dando um passo muito importante para sua aprovação ante os eleitores maranhenses ao apoiar o PT.

Mas últimas pesquisas sobre o senado o deputado aparece em segundo lugar na preferência dos eleitores. Eleitores esses que na sua maioria querem Lula presidente.

Nesta quarta-feira o pré candidato ao senado deu mais uma demonstração de sua posição "lulista" ao votar NÃO ao relatório que diz que temer não deve ser investigado pelo STF.
Santa Luzia em Debate.

Nenhum comentário

DESTAQUES

Santa Luzia - Banda Marcial Maria da Paixão conquista o 3º lugar no campeonato maranhense de bandas

Neste sábado (22), aconteceu na cidade de Santa Rita-MA,  o XV Campeonato Maranhense de Banda e Fanfarras, uma parceria entre prefei...