MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O CASO DA CRIANÇA DE SETE MESES VÍTIMA DE ESTUPRO EM MANAUS.



A mãe argumentou que chegou a Manaus aos 15 anos para trabalhar como doméstica, na casa do médico, quando eles começaram a manter relações sexuais que, segundo ela, não era consentido. Quando engravidou, passou a nutrir um sentimento por ele e, por isso, nunca o denunciou. A jovem afirmou que o médico é o pai da bebê, porém, ele só vai registrar a menina mediante comprovação da paternidade, por meio de exame de DNA”.

Quem conta os detalhes deste caso que chocou Manaus na tarde desta sexta-feira, 1 de setembro, foi a delegada Juliana Tuma, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). O médico peruano de 45 anos e a mãe do bebê, de 24 anos, foram presos após serem flagrados com a criança em um quarto de motel.

Saiba mais


Santa Luzia em Debate. 

Nenhum comentário

DESTAQUES

Santa Luzia - Banda Marcial Maria da Paixão conquista o 3º lugar no campeonato maranhense de bandas

Neste sábado (22), aconteceu na cidade de Santa Rita-MA,  o XV Campeonato Maranhense de Banda e Fanfarras, uma parceria entre prefei...