JOVEM É BRUTALMENTE ASSASSINADA A PAULADAS NO INTERIOR DO PIAUÍ


JOVEM É BRUTALMENTE ASSASSINADA A PAULADAS NO INTERIOR DO PIAUÍ

Uma jovem foi encontrada morta na manhã deste domingo (01) no município de Francisco Santos, a 362 quilômetros ao Sul de Teresina. A vítima foi identificada por Carolayne Barros, de 16 anos, conhecida como “Carol da Marcela”.
De acordo com as primeiras informações colhidas pelo, o crime aconteceu na zona rural próximo à sede do município, numa estrada que dá acesso a localidade Chupeiro. O corpo só foi achado por volta das 8h da manhã. Carol estava ensanguentada e teria sido brutalmente assassinada, por enforcamento e a pauladas.
Ainda de acordo com informações extra oficiais, populares afirmam que viram a jovem ontem à noite, o que reforça que o homicídio teria ocorrido na noite desta sábado, 30 de setembro. A pacata cidade de 7.040 habitantes está em choque.
Em entrevista exclusiva ao portal Cidades na Net, o delegado plantonista na Delegacia Regional de Picos, Dr. Rodrigo Morais, repassou novas informações sobre um crime bárbaro ocorrido na madrugada deste domingo (01) no município de Francisco Santos, deixando a população chocada.
Diferente das informações já veiculadas, o delegado informou que o autor do crime e a vítima não eram namorados, mas sim, amigos. Ana Caroline de Sousa Barros, conhecida por Carol, de 18 anos, viveu maritalmente com um irmão do suspeito. “Eles foram cunhados. Inclusive, a vítima teve um filho com o irmão do acusado”, disse o delegado.
Ainda de acordo com a autoridade policial, a amizade de Iago Júnior Alves da Silva, conhecido por Juninho, pela ex-cunhada, Carol, se transformou em um “amor platônico”. “Antes de falecer, ela havia dito para a mãe que achava que Juninho era apaixonado por ela, mas que ele não fazia o tipo dela”, contou o delegado.
Na noite que antecedeu ao crime, Juninho e Carol foram vistos juntos pela cidade. Câmeras de segurança de um posto de combustível registraram o momento em que os dois chegaram em uma motocicleta para abastecer o veículo. A imagem tornou Juninho um dos investigados.

Durante a perícia no local do crime, foi encontrado um anel prata. No andar das investigações, a polícia encontrou fotos de Juninho na rede social utilizando um anel semelhante. Diante das evidências, a polícia foi até residência do suspeito. Na mão do suspeito havia marca de que o mesmo utilizava um anel. “Tinha uma marca bronzeada no dedo do suspeito, e o anel recolhido encaixou perfeitamente no dedo do mesmo”, contou o delegado.

Por telefone, Dr. Rodrigo relatou que Juninho havia convidado Carol para ir a uma festa. “Ela se recusou e ele, desesperado, levou ela para um local esmo e acabou por tirar a vida da vítima com vários golpes de pedra”, relatou o plantonista. As roupas utilizadas por Juninho foram recolhidas.

Diante das fortes evidências, o suspeito foi conduzido à Delegacia Regional de Picos, onde, durante interrogatório, acabou por confessar a autoria do crime. O crime teve motivação passional. “Ela disse que matou porque gostava muito dela, mas ela não levava em consideração”, disse o delegado.






Fonte: Cidade na Net



:

Nenhum comentário

DESTAQUES

Assaltantes fazem policiais reféns, explodem cofre de banco e apavoram Jacundá com tiroteio

Um grupo fortemente armado rendeu uma guarnição da Polícia Rodoviária Estadual em Jacundá e promoveu um tiroteio, por cerca de uma hora,...