Flávio Dino e suas aposta para o senado

Flávio Dino e suas aposta para o senado


Flávio Dino quer eleger seus dois candidatos a senador sem levar em conta as tendências apontadas pelas pesquisas. Vai agir do mesmo modo que fez na escolha do seu candidato a prefeito de São Luís, em 2012, quando estimulou uma cooperativa de candidatos e acabou escolhendo Edivaldo Holanda Júnior, que não era o favorito nas consultas.

No começo de 2012, estavam bem colocados nas pesquisas os candidatos Tadeu Palácio e Eliziane Gama, mas Flávio Dino fez a opção por Holanda, ganhando a ira dos favoritos e no final acabou saindo vitorioso com seu candidato.

Flávio Dino e Edivaldo Holanda Jr

Para o Senado Federal, na eleição de 2014 o então candidato a governador ajudou a eleger seu companheiro de chapa, Roberto Rocha, quando ampla maioria apostava na eleição de Gastão Vieira. Dino ganhou para governador e exerceu papel de fundamental importância na vitória de Rocha.

Com quatro candidatos da base, o governador já fez a primeira preferência pelo deputado federal Weverton Rocha, que até agora ainda patina nas pesquisas. Dino sabe que Zé Reinaldo tem amplas chances de se eleger senador, como apontam as consultas, mas deve apontar o nome da deputado federal Eliziane Gama como sua segunda candidata.

O risco é alto, pois pode perder as duas vagas para o grupo Sarney, mas se conquistar a eleição no primeiro turno deve fazer as duas vagas.



luiscardoso.com.br

Nenhum comentário

DESTAQUES

Governador do Maranhão Flávio Dino, eleito no primeiro turno têm suas contas de campanha aprovadas pelo TRE

Em julgamento nesta sexta-feira (14), o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) aprovou, por unanimidade, as contas de ca...