Polícia procura assassinos de policial militar morto em Zé Doca-MA

Polícia procura assassinos de policial militar morto em Zé Doca-MA


A polícia procura pelos assassinos do cabo da Polícia Militar, Moisés de Deus e Silva, de 45 anos, que foi morto brutalmente nessa sexta-feira (19) em um bairro da periferia do município de Zé Doca, a 302 km de São Luís.

De acordo com a polícia, ele foi atacado no meio da rua e em seu corpo havia marcas de pedradas, pauladas e um profundo corte no pescoço. Uma equipe da PM chegou a ser avisada, mas quando chegou ao local a vítima já estava morta. Moradores relataram aos policiais que residem próximo ao local do crime relataram que chegaram a ouvir gritos, mas por conta do medo ninguém quis se manifestar.

Equipes da PM de outros municípios se deslocaram até o município de Zé Doca para tentar capturar os assassinos.

Moises de Deus e Silva foi velado na residência da mãe no mesmo município onde estava morando. Ele entrou para a Polícia Militar do Maranhão em 1993 e há quase um ano, havia sido afastado pelo comando geral para que pudesse fazer um tratamento contra dependência química.

Moises de Deus e Silva foi velado na residência da mãe no mesmo município onde estava morando. Ele entrou para a Polícia Militar do Maranhão em 1993 e há quase um ano, havia sido afastado pelo comando geral para que pudesse fazer um tratamento contra dependência química.




Do g1maranhao 

Nenhum comentário

DESTAQUES

Governador do Maranhão Flávio Dino, eleito no primeiro turno têm suas contas de campanha aprovadas pelo TRE

Em julgamento nesta sexta-feira (14), o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) aprovou, por unanimidade, as contas de ca...