Tragédia: Sete pessoas morrem e vinte ficam feridas após ônibus capotar no Estado do Tocantins

Tragédia: Sete pessoas morrem e vinte ficam feridas após ônibus capotar no Estado do Tocantins


Sete pessoas morreram e 20 ficaram feridas, após um ônibus capotar em uma curva na TO-040, no trevo de Novo Jardim, próximo à Dianópolis. O acidente aconteceu na madrugada deste domingo (28), por volta da 1h.

O ônibus é da empresa Real Maia e fazia a linha Barreiras (BA)-Palmas. De acordo com a Polícia Militar, o motorista disse que os freios do veículo falharam.

Ambulâncias da região fizeram o transporte dos feridos, que a princípio foram levados para o Hospital Regional de Dianópolis. Em seguida, 9 deles foram transferidos para o Hospital Geral de Palmas. Uma mulher que está em estado grave foi transportada de helicóptero. Os demais foram liberados.


O Governo do Estado está pendido doações de sangue para as vítimas. O estoque já estava baixa por causa do período de férias. Os doadores podem ir ao Hospital Geral de Palmas ou ao Hemocentro.

Entre as pessoas que morreram está a servidora Dilma Raimundo de Sousa, que trabalhava no Banco do Empreendedor do Tocantins. Em nota, a instituição lamentou a perda. "Tivemos o privilégio de ter grande parte de sua vida compartilhada conosco, nestes cerca de 20 anos de convivência. Anos estes, marcados pela alegria e um sorriso sempre presente."

Dilma deixa marido e um filho de 13 anos. O corpo será velado e enterrado na Bahia, de onde vinha quando sofreu o acidente e onde tem família.




g1.globo.com/to

Nenhum comentário

DESTAQUES

Júnior Lourenço tem candidatura impugnada

O procurador regional eleitoral no Maranhão, Pedro Henrique Castelo Branco, impugnou ontem (13) o registro de candidatura do ex-prefeito...