TJ/MA decide manter livre Lúcio Genésio acusado de espancar ex-esposa em São Luís


Na manhã desta quarta-feira o Tribunal de Justiça do Maranhão manteve  o habeas corpos em favor de Lúcio Genésio agressor da advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva ex-esposa do mesmo.
Clique e reveja

Foi levada à apreciação a questão levantada pelo desembargador Antônio Bayma Araújo, relator do caso na 1ª Câmara Criminal de não permitir a mudança do voto do desembargador Raimundo Melo. Quando apreciado o decreto de prisão de Lúcio Genésio, concedido em primeira instância, Melo votara a favor do habeas-corpus, e na semana seguinte, recuou e apresentou, na reunião da 1ª Câmara Criminal, um voto diferente, manifestando-se contra o habeas-corpus. 

Agora com a decisão do Pleno, fica mantido o habeas corpus concedido pela 1ª Câmara Criminal.

Na terça-feira, o ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), já havia decidido a favor de Lúcio ao julgar recurso da defesa, revogando a prisão preventiva do acusado.

Nenhum comentário

DESTAQUES

Morre a jovem atingida na cabeça por disparo de arma de fogo efetuado pelo companheiro, em Grajaú

A jovem Talya, moradora da Rua Zeca Teixeira, no bairro Vilinha faleceu hoje (23) de outubro de 2018, no leito hospitalar em Imperatriz....