Polícia desvenda caso e prende mulher acusada de forjar o próprio sequestro, em Buriticupu-MA

A Polícia Civil de Buriticupu/MA, deflagrou na manhã desta quinta-feira (17) , ainda sobre fato ocorrido  na segunda feira (14), sobre mais um sequestro realizado na cidade. 

A polícia recebeu a denuncia de que Francisca Raquel havia sido sequestrada e que a jovem Simone Araujo seria a mentora do crime, sendo levada a delegacia as 20:50h da segunda-feira, quando um equipe da polícia militar a conduziu, para que falasse onde estaria a vítima, ficando detida  e sendo liberada as 04:00h, da terça-feira (15), por constantes negativas da mesma diante das questões abordadas.

Ainda na terça-feira (15) Simone foi detida novamente sob as mesmas suspeitas diante de acusações da vítima que já havia aparecido e dizia ter sido sequestrada por Simone. 

Com os depoimentos das mulheres vítima e acusada Simone foi liberada mais uma vez por não haver elementos materiais que comprovasse sua participação no suposto sequestro. 

Foi quando a verdade veio a tona nesta quinta-feira. Após concluídas as investigações onde Francisca teria tramado um falso sequestro por ciumes com o objetivo de culpar Simone por achar que seu companheiro estaria enviando mensagens via WhatsApp para a acusada.

Ocorrência/conclusão do caso.


Francisca Raquel teria sido sequestrada e de pronto se mobilizaram as equipes da Polícia Militar e o serviço de inteligência da Polícia Civil, onde identificaram um possível cativeiro na cidade de Açailândia, através dos contatos que estariam sendo feito com os possíveis sequestradores. 

Em continuação ao processo de investigação a polícia recuperou a moto de Raquel que a partir de então teve início  a identificação de vários atos falhos que não conduziam a um crime de sequestro. 

Logo foi refeito o percurso da vítima através de imagens de câmeras pela cidade o que levou a constatação de um crime falso, onde a suposta vítima teria forjado seu próprio sequestro. 

A mesma se encontra detida na delegacia onde irá responder pelo crime do Art 339 do CP (Dar causa a instauração de investigação policial, ... contra alguém, imputando-lhe crime de que o sabe inocente.)

A equipe de investigação da Delegacia de Buriticupu /MA  juntamente com a Polícia Militar encerrou o caso e Francisca será autuada pela autoridade Policial.



Fonte: Polícia Civil/Buriticupu-MA

Nenhum comentário

DESTAQUES

Morre a jovem atingida na cabeça por disparo de arma de fogo efetuado pelo companheiro, em Grajaú

A jovem Talya, moradora da Rua Zeca Teixeira, no bairro Vilinha faleceu hoje (23) de outubro de 2018, no leito hospitalar em Imperatriz....