"Operação Aleteia" desarticula quadrilha acusada de fraudar concurso da Polícia Militar

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 7 Delegacia Regional de Santa Inês (Capturas, 2DP, Pio XII e Santa Luzia) e 8 Delegacia Regional de Zé Doca em apoio a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da DEIC/NORTE, Delegacia Regional de Araguaína e da ACADEPOL/TO deflagrou na manhã de hoje (21 junho), "Operação Aleteia" visando dar cumprimento a diversos mandados de prisão e busca, expedidos no bojo das investigações decorrentes da fraude engendrada por alguns candidatos quando da realização do Concurso da Polícia Militar do Estado do Tocantins.

Varias pessoas foram presas, incluindo o líder da quadrilha, conhecido pela alcunha de "Antônio Concurseiro".
Em Santa Inês e Pindaré Mirim:
1. Wylmerson Rubem dos Santos Silva
2. Mailson de Paiva Vieira
3. Renner Ferreira Moraes Mendes
4.  Luís Fernando Melo Nascimento
5. Flaviania Silva Furtado
6. Jhonata Araújo Cantuario

Em Teresina:
7. Antônio Ferreira Lima Sobrinho
8. Aline Oliveira Santana
9. Gabriela Oliveira de Santana

Em São Luís:
8. Dionatan Soares Belfort


Em Zé Doca:
9. Fernandes da Silva Souza
10. Abimael Silva Almeida
11. Hagaer da Silva Lima


Fonte:PM/MA

Nenhum comentário

DESTAQUES

Maria da Penha nele - homem agride duas irmãs em Santa Inês e acaba no "xilindró".

Jean Felipe Clemente Lira, foi preso acusado de agredir fisicamente duas mulheres na Vila Ritinha, em Santa Inês.   Umas das mulhe...