Polícia prende suspeita de participação na morte do ex-companheiro em Imperatriz

Polícia Civil de Imperatriz efetuou na tarde de sexta-feira (22) a prisão de Leidimar da Silva, conhecida com "Neneca", em cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

Ela é acusada pela polícia de participar do assassinato no dia 20 de janeiro de Nelson Rodrigues dos Santos, com quem tinha um relacionamento amoroso. A vítima foi assassinada por golpes de arma branca.

De acordo com a Polícia, no dia do crime Nelson estava ingerindo bebidas alcoolicas em sua própria residência junto com outros dois homens identificados como Davi Julio Barros Almeida e Elivan Francisco Costa de Almeida.

O trio passou toda a tarde ingerindo cachaça na casa quando Davi e Elivan passaram a atacar a Nelson, sob o consentimento de Leidimar. Ainda segundo a Polícia, ela tinha um relacionamento extraconjugal com Elivan e essa tinha sido a razão do crime.

Após o cometimento do homicídio Elivan fugiu do local junto com Davi, que está preso. Elivan continua foragido. Já Leidimar foi localizada em sua residência e depois foi conduzida à Unidade Prisional de Davinópolis, onde ficará à disposição da Justiça.


g1.globo.com

Nenhum comentário

DESTAQUES

Acúmulo de cargos leva justiça a condenar professora a perda do emprego com base na Constituição Federal

O acúmulo de três cargos de professor no serviço público é inconstitucional e representa ato de improbidade administrativa. O entendimen...