Deputado do Paraná morre em acidente aéreo.



O deputado estadual Bernardo Ribas Carli (PSDB) morreu em um acidente aéreo no município de Paula Freitas, no Sul do Paraná, por volta das 11h30min deste domingo (22), segundo a assessoria dele. Dois pilotos também morreram na queda. Ainda de acordo com a assessoria, Carli decolou de Guarapuava no começo da manhã rumo a um compromisso em União da Vitória, também no Sul do Estado.

O deputado participaria da 62ª Festa dos Motoristas, na Paroquia Nossa Senhora de Salete, em União da Vitória, a convite do prefeito Santin Roveda.
A governadora do Paraná, Cida Borghetti (Progressistas), decretou luto oficial de três dias. As bandeiras do Estado e do País ficarão a meio mastro durante o período em todas as repartições públicas.
“Em nome dos paranaenses, o Governo do Estado manifesta o mais profundo sentimento de pesar e solidariedade aos familiares do parlamentar e dos pilotos”, diz a nota do Estado. A Assembleia Legislativa do Paraná também decretou lutou de três dias pela morte de Carli. O velório será na Prefeitura de Guarapuava.
Histórico
Bernardo Ribas Carli tinha 32 anos, nasceu em Guarapuava, na região central do Estado, e era graduado em Administração de Empresas. Ele cumpria o segundo mandato como deputado estadual.
Bernardo é filho do ex-prefeito de Guarapuava, Luiz Fernando Ribas Carli, e irmão do ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho, condenado por matar duas pessoas em um acidente de trânsito.
Foi depois que o irmão se afastou da vida púbica que Bernardo se lançou candidato a deputado estadual pela primeira vez, em 2010. Foi eleito pelo PSDB, mas no ano seguinte teve seu mandato cassado por gastos irregulares na campanha. Depois, conseguiu reverter a decisão.
Em 2016, o deputado estadual foi condenado por uso de documentos falsos e falsidade ideológica na prestação de contas de sua campanha eleitoral de 2010. Ele ainda foi condenado a um ano e oito meses de prisão em regime fechado, pena convertida por restritiva de direito de prestação pecuniária. Na ocasião, a condenação o enquadrou na Ficha Suja, o que o impediria de concorrer à reeleição este ano.
Bernardo Ribas Carli era presidente da Comissão de Esportes da Assembleia Legislativa e coordenador da Frente Parlamentar dos Produtores de Energia Elétrica. Ele ainda integrava o Bloco Parlamentar da Agricultura Familiar e o Bloco Parlamentar Digital. O suplente dele na Assembleia Legislativa é Wilson Quinteiro (PSB), de Maringá.
PSDB lamenta
O ex-governador Beto Richa, presidente do PSDB no Paraná, lamentou a morte de Carli. “Profundamente abalado com a notícia da trágica morte do amigo e jovem deputado Bernardo Ribas Carli. Que Deus, na sua imensa benevolência, conforte a família neste momento de grande dor. Eu e Fernanda sofremos juntos a ausência repentina do Bernardo, ao lado da sua família”, disse.

www.osul.com.br

Nenhum comentário

DESTAQUES

Morre a jovem atingida na cabeça por disparo de arma de fogo efetuado pelo companheiro, em Grajaú

A jovem Talya, moradora da Rua Zeca Teixeira, no bairro Vilinha faleceu hoje (23) de outubro de 2018, no leito hospitalar em Imperatriz....