Santa Luzia: manifestantes estão acampados há dois dias na entrada da MA-119, reivindicando vagas de emprego na obra de construção da via


A construção da MA-119, que liga os municípios de Santa Luzia e Altamira do Maranhão é um sonho antigo da população. No governo Jakson Lago a obra teve inicio, mas foi paralisada motivada por sua cassação em 2009.

Agora em 2018, 09 anos depois, o governador Flávio Dino atendendo aos reclames do povo e a luta dos gestores municipais das duas cidades, para que a estrada seja pavimenta, finalmente saiu a licitação e contratação da empresa Encisa para execução da obra.

A noticia sobre a chegada da empresa a Santa Luzia, e a divulgação de mensagens em redes sociais dizendo que os empregos gerados pela obra que esta orçamentada em R$ 41.778.296,44 (quarenta e um milhões setecentos e setenta e oito mil e quarenta e quatro centavos), seriam destinados somente aos habitantes de Altamira, fez com que os trabalhadores luzienses que almejam um contrato na obra se dirigissem a entrada da MA, para a realização de  manifestação pacifica revindicando vagas para contratos. 
Nossa equipe foi chamada ao local para ouvir os manifestantes que falaram, "nós estamos aqui para reivindicar oportunidades de emprego, aqui todos nós somos acostumados a trabalhar em firma. Aqui não tem baderna não tem bebida, o nosso movimento é para trabalhar, a gente só quer trabalhar", disseram os acampantes.

O vice-prefeito de Santa Luzia, Juscelino Júnior foi até o local a pedido da prefeita França do Macaquinho, comunicar que o motivo da luta pela pavimentação da via além de ser o de aquecimento do comércio  local, também foi trazer emprego e renda para os luzienses, o que segundo ele tem sido um dos pontos de maior preocupação da administração trazer renda às famílias diante desse momento de crise nacional. 

"A França esta conversando muito com os engenheiros, com o dono da empresa e batendo nesta tecla para dar prioridade na contratação de mão de obra luziense", relatou Juscelino Júnior.
Na manhã de hoje os manifestantes receberam doações de simpatizantes da causa, que forneceram comida e bebida (refrigerante) para os mesmo.  A causa é nobre, pois os pais de família ali estão querendo apenas trabalhar e colocar comida na mesa de suas famílias e as autoridades municipais por nós contactadas garantiram a contratação dos profissionais de Santa Luzia. Aguardemos.

Veja vídeo: reportagem de Tohm Andrade.

Nenhum comentário

DESTAQUES

Adolescente desaparecida em Santa Luzia é localizada

Desaparecida desde o último sábado a adolescente de 17 anos Amanda Mayara foi localizada na tarde de hoje por uma pessoa que não quis ...