Suspeito de esfaquear Bolsonaro é agredido por militantes e preso pela Polícia Militar em seguida


O homem que esfaqueou o candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), na tarde desta quinta-feira, durante evento em Juiz de Fora, na Zona da Mata, foi identificado como Adelio Bispo de Oliveira, natural de Montes Claros, pouco após ser agredido por militantes do presidenciável, ele foi preso pela Polícia Militar e disse aos policiais que estava cumprindo "ordem de Deus".

Nenhum comentário

DESTAQUES

BOMBA! deputado Sousa Neto desiste de candidatura

O deputado estadual Sousa Neto, desistiu de sua candidatura. O agora ex-candidato alega falta de apoio do seu grupo político e diz que n...